A mulher e a mídia

Estava procurando artigos que fossem possíveis de serem usados para a elaboração do meu projeto científico com a temática “A indústria pornográfica e a mulher” e me deparei com um texto bastante interessante que gostaria de compartilhar com vocês.
Antes de mais nada gostaria de fazer alguns comentários que são bastante importantes para a compreensão desse texto. Gostaria na verdade, de compartilhar com vocês o meu projeto que ainda está em andamento.
A minha intenção com esse estudo e essa busca por materiais sobre, é entender como é formada essa indústria pornográfica e como ela afeta o comportamento da mulher, tanto na forma como ela se vê, quanto na forma como ela se comporta sexualmente.
Sabemos bem que a mídia tem uma grande influência sobre padrões comportamentais, de vestúario, entre outros fatores. Recomendo inclusive, um documentário americano que foi produzido no ano de 2011, chamado Mulheres na Mídia.
Esse documentário aborda e mostra os impactos da mídia na imagem da mulher, e em como isso afeta as mulheres. A cobrança estética, a padronização de seus corpos, suas capacidades questionadas constantemente, a gordofobia e a mulher que tem poder e em como a mídia retrata a mulher.
Assim como o documentário, esse texto que linkarei mais adiante fala sobre a fetichização da imagem da mulher e aborda a questão das pinups, como objetos de consumo do público masculino.
Esse, é um artigo científico e recomendo também, pra quem se interessar sobre esse assunto, ler a bibliografia usada pela autora.
É preciso ter um olhar mais crítico sobre a mídia e em sobre como a imagem da mulher é retratada a todo o tempo. Tanto nas propagandas, quanto nas reportagens que falam sobre a mulher, seja ela cis ou trans. A mídia tem um papel importante na forma como nós nos lemos, e em como lidamos com nossos corpos. Os impactos vão desde nossos comportamentos e a recriminação de outros, como a forma como lidamos com nossos corpos que estão fora dos padrões estéticos vigentes (porque sabemos que de década em década, esses padrões acabam se modificando).
Deixo aqui, o link do blog onde baixei o documentário, e também o link para a leitura do artigo. Eu espero realmente que esse material seja útil para a compreensão de diversas questões a respeito da mídia e leitura do corpo feminino, sobre a objetificação dtermios nossos corpos e os preconceitos.

Artigo científico de Mariana Meloni: A fetichização da imagem da mulher
http://www.each.usp.br/opuscorpus/PDF/t1p1.pdf

Documentário: Mulheres na Mídia
http://www.omelhordatelona.biz/documentarios/3931-mulheres-na-midia.html

Espero que aproveitem esses materiais.
Amélia Autumn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s